Angústia, a falta de fidelidade a si mesmo!

Quando sentimos angústia devemos nos perguntar: estamos conectados com a verdade do nosso coração ?

Estamos comprometidos intimamente com os nossos propósitos e valores? Estamos desenvolvendo o auto respeito? Estamos exercitando o auto amor e a tolerância? Estamos alimentando  a nossa autoconfiança? Estamos cientes da nossa capacidade? Estamos nos empenhando em agir em nosso benefício? Como tem sido minha relação comigo mesmo? Quais têm sido os meus pensamentos, os meus sentimentos ao meu respeito? 

O aprimoramento da fidelidade interior libera a energia pesada e conflitante desta emoção. Se estamos afinados com nossa sabedoria interna a ansiedade, a preocupação e o medo vão se dissolvendo, dissipando e transmutando diante da coerência, do trabalho, do tratamento, da reforma íntima.

Por outro lado o descompasso, a falta de lealdade ao que somos e sentimos gera opressão, agravando dia a após dia a sensação de sufocamento. Os sentimentos tóxicos  aumentam em proporção causadora de uma dor na alma.

Observar a si mesmo é  a fonte de toda a cura.

É a direção para a paz interior. É o caminho da transformação. Não existem fórmulas mágicas, o que é possível e real é seguir o caminho do autoconhecimento com paciência e dedicação. Não deixe o mundo te devorar. Seja Alegre e Grato por decifrar a si mesmo.

Somos a imagem e semelhança de Deus. Aceite profundamente essa verdade e bênção.

Paz e Luz

Mônica Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *