Ponto de Equilíbrio

  • by

Saber lidar com nossas emoções de forma assertiva é um  grande desafio para todos nós. Investir nessa capacidade é aumentar a cada dia o poder pessoal e a paz interior. É uma ferramenta essencial para transitar pela vida de forma segura e saudável. Naturalmente, entendemos, é requisito primordial para alcançar a realização pessoal – a felicidade.

O sofrimento é o desequilíbrio desta capacidade.

Durante meses ou talvez anos vamos acumulando emoções negativas não canalizadas adequadamente e que ficam reverberando ao nosso redor  em um processo retroalimentar. O que aos poucos vão ocasionar as somatizações físicas, mentais e espirituais.

Atitudes conscientes ajudam a lidar com esse processo.

Colocar limite nas relações, aprender a dizer não, ser mais enérgico em algumas situações, extravasar a raiva e a tristeza em uma atividade física, ou fazer coisas que resgatam em nós o prazer e a alegria.  Ser mais paciente, expressar os sentimentos com uma boa conversa para clarear as relações. Ser franco, verdadeiro. Aprender a escutar, dizer que ama. Rir de si mesmo. Desapegar da necessidade de controlar tudo mergulhando na preocupação e na ansiedade.  Dar um basta na angustia, agindo de forma determinada a favor do seu bem-estar. Ser feliz sem condicionamentos. Deixar de vez os adiamentos. Começar de fato o projeto dos seus sonhos. 

Assim estaremos criando um ambiente harmônico e sadio ao nosso redor cultivando emoções positivas como perdão, gratidão, alegria, amor, compaixão, confiança e coragem num processo de estímulo e resposta auto-regenerador. Investindo maciçamente no bem podemos transmutar nossas mazelas e imperfeições.       

Normalmente a primeira coisa que acontece quando estamos mal, ou vivendo uma fase difícil, é perder a capacidade de ver além. 

Ficamos cegos e bloqueados diante da muralha que se tornou o nosso problema. A capacidade de ver além é recuperar a flexibilidade e o entusiasmo diante da vidaÉ conseguir entender o que o sintoma, o acontecimento e a doença estão querendo nos ensinar e quais atitudes e crenças precisam mudar para a nossa cura real.

A forma como direcionamentos o nosso foco criam a nossa realidade.

A todo instante temos a oportunidade de escolher onde estará a nossa atenção, o que vai determinar a qualidade dos nossos pensamentos, sentimentos e consequentemente da nossa vida. A cada novo olhar, uma nova realidade. O que você acredita, já está feito. É uma questão científica e há muito tempo já deixou de ser esoterismo ou magia.

Estamos vivendo num mundo infinitas possibilidades e não precisamos mais ignorar o que existe de mais moderno e está que disponível para todos: o conhecimento.  Vamos investir na sabedoria que busca sempre o crescimento, o aprimoramento.  Façamos como a bela flor-de-lótus  que surge vigorosa  e encantadora apesar das adversidades. 

O ponto de equilíbrio é conquistado passo a passo na beleza do florescer, do expandir a nossa  natureza. É o renascimento das profundezas do inconsciente  para exalar a fragrância e a exuberância do perfume do amor. É a luz radiante,  o jardim  da alma e o  recanto da paz.Paz e

Luz!

Mônica Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.